Digite uma palavra para pesquisa:
Boletim Informativo
Cirurgia da Coluna
Cirurgia Vascular
Subespecialidades
Dor e Funcional
Neuro Oncologia
Nervos Periféricos
Neurocirurgia Pediátrica
Neuroendoscopia
Neurotraumatologia
Pesquisa
Linhas de Pesquisa
Equipe
Dr. Luiz Roberto Aguiar
Dr. Adriano Maeda
Dr. Alexandre N. Francisco
Dr. Carlos Parreira Goulart
Dr. Carlos Mattozo
Dr. Flávio Hayashi
Dr. Ricardo Guimarães
Dr. Robinson Marques
Ensino
Graduação
Pós Graduação
Liga de Neurocirurgia
Informações ao paciente
Links Interessantes
Imagens
Fale Conosco
 
» Subespecialidades » Cirurgia Vascular
 
Espasmo hemifacial

Espasmo hemifacial é a contração involuntária de músculos faciais.

Os sintomas são contrações involuntárias, indolores e irregulares nos músculos unilaterais da face. Isto pode ocorrer na parte inferior ou superior da face e pode haver lacrimejamento excessivo. Normalmente se inicia com contrações dos músculos ao redor dos olhos e lentamente progride para toda metade da face. Estes sintomas podem se manifestar durante o sono.

O espasmo hemifacial é mais comum em mulheres após a adolescência. O lado mais afetado é o esquerdo.

Esta doença pode ser causada pela compressão de uma artéria sobre o nervo facial. Outras causas incluem: compressão do nervo facial por uma lesão intracraniana, como tumor, aneurisma, malformação vascular, além de esclerose múltipla ou aderências ósseas na base do crânio.

O diagnóstico é baseado no exame clínico e nos sintomas apresentados. A ressonância magnética deve ser feita para descartar a possibilidade de tumor ou malformação vascular.

Em casos menos graves o tratamento pode ser feito com injeção de toxina botulínica. Casos severos necessitam de tratamento cirúrgico. A cirurgia adequada é a descompressão microvascular.

 
 
Malformação arteriovenosa dural
comunicação anormal entre os ramos das artérias, carótida ou vertebral, entre a dura-máter e os seios venosos.
Acidente vascular cerebral
Interrupção do fluxo normal de sangue ao cérebro.
Cirurgia Vascular
Trata dos vasos sanguíneos (artérias, veias e linfáticos).
Malformação arteriovenosa
Anormalidade anatômica nas artérias ou veias do cérebro.
Estenose da Carótida
Obstrução, parcial ou total, da artéria carótida.
Dissecção da Carótida
Colapso das camadas da artéria carótida, provocando uma ruptura linear na parede da artéria.
Angioma Cavernoso
Anomalia vascular caracterizada pela presença veias anormais no cérebro.
Aneurisma
Dilatação anormal de uma artéria que pode levar a ruptura desta artéria enfraquecida, causando hemorragia ao redor do cérebro ou mais raramente dentro dele.