Digite uma palavra para pesquisa:
Boletim Informativo
Cirurgia da Coluna
Cirurgia Vascular
Subespecialidades
Dor e Funcional
Neuro Oncologia
Nervos Periféricos
Neurocirurgia Pediátrica
Neuroendoscopia
Neurotraumatologia
Pesquisa
Linhas de Pesquisa
Equipe
Dr. Luiz Roberto Aguiar
Dr. Adriano Maeda
Dr. Alexandre N. Francisco
Dr. Carlos Parreira Goulart
Dr. Carlos Mattozo
Dr. Flávio Hayashi
Dr. Ricardo Guimarães
Dr. Robinson Marques
Ensino
Graduação
Pós Graduação
Liga de Neurocirurgia
Informações ao paciente
Links Interessantes
Imagens
Fale Conosco
 
» Subespecialidades » Cirurgia da Coluna
 
Estenose cervical

A estenose cervical é diminuição do espaço do canal vertebral e forame neural comprimindo a medula e as raízes nervosas.

Os sintomas da estenose são similares aos da hérnia de disco cervical. Entretanto, a hérnia de disco é um processo agudo, enquanto a estenose é crônica e a piora da dor é gradual. Os pacientes podem ter sintomas de radiculopatia, a qual é manifestada como disparos de dor nas extremidades, associadas com dormência focal ou fraqueza. O paciente também pode apresentar mielopatia cervical espondilótica.

Mielopatia é a lesão da medula espinhal, comprimida em conseqüência da espondilose. Ela pode se manifestar com fraqueza e espasticidade, perda sensorial, position sense loss e incontinência urinária.

Mielopatia cervical espondilótica é a compressão da medula espinhal na altura do pescoço. Os sintomas são rigidez do pescoço, dores no braço, adomeciento nas mãos e fraqueza nos braços e pernas.

O diagnóstico deve ser feito através de exame medico, Raio-X da coluna cervical. A Ressonância Magnética fornece informações sobre a estrutura da coluna cervical em relação aos tecidos. Além de informar sobre a compressão do canal cervical e as raízes nervosas. Um mielograma/ TC informa sobre a anatomia óssea da região

As opções de tratamento cirúrgicas são descompressão anterior ou posterior. Alternativamente, o corpo vertebral todo pode ser removido, através da corpectomia, através dos níveis adjacentes da espondilólise ou vários corpos vertebrais podem ser removidos. Um enxerto ósseo é colocado para fazer a fusão. A descompressão posterior envolve a laminectomia nos níveis afetados e pode ou não necessitar de um implante de metal.

 
 
Malformação de Chiari
Malformação de Chiari I e II.
Lipoma do canal medular
Acúmulo de tecido gorduroso localizado no canal medular.
Osteomielite
Infecção nos ossos da coluna vertebral.
Coluna Vertebral
A coluna vertebral é formada por 33 vértebras.
Discite
Inflamação dos discos nos espaços vertebrais.
Dor Lombar
O que é?
Estenose lombar
Estreitamento do canal vertebral na região lombar.
Hérnia de disco lombar
O principal sintoma a hérnia de disco lombar é a dor combinado com a irritação da raiz nervosa.
Hérnia de disco Cervical
O sintoma mais comum da hérnia de disco cervical é dor no pescoço com irradiação para o braço.